segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

PONTA DA SERRA RUMO À EMANCIPAÇÃO

Esteve reunida neste último domingo, dia 08 de janeiro, às 10h, no Pólo de Atendimento Edvard Ribeiro, no Distrito de Ponta da Serra, Crato-CE, a Comissão de Produção da AMEPS (Associação Emancipalista de Ponta da Serra), sob a presidência de Ana Paula Brito Leite e os membros: Francisco Evaldo Barbosa Brito, Damião David da Silva, Antonio Correia Lima e Renata Ximendes, para planejamento de ação de divulgação com todos os associados e a população do Distrito, informações sobre o andamento da emancipação, bem como dados referentes a nova estrutura organizacional do novo município.

Dados Gerais do Distrito.

O Distrito de Ponta da Serra está a 13 km da sede do município de Crato - CE e localiza-se às margens direitas do Vale dos Carás, sendo cortada pela rodovia CE 055.
Pelo censo de 2000, Ponta da Serra já registrava 8.234 habitantes. O IBGE, não disponibilizou a população dos distritos-censo de 2007. Estima-se que, hoje o distrito ultrapassa a cifra de 10.824 habitantes.
Dispõe de infra-estrutura como: rede elétrica; abastecimento canalizado d’água; linha telefônica; posto de atendimento médico; posto policial; posto dos correios; escola de ensino infantil e fundamental (com mais de 1200 alunos matriculados); escola de ensino médio (mais de 400 alunos matriculados); Pós-Graduação em Psicopedagogia pela FIP- Faculdades Integradas de Patos, Núcleo Crato(21 alunos); Graduação em Pedagogia pela ULBRA – Universidade Luterana do Brasil; (20 alunos); Pólo de atendimento; quadra poliesportiva; cemitério público e açougues; posto de combustível, clube dançante, clube soçaite, 05 churrascarias, 03 lanchonetes, 8 bares, 03 locadoras de vídeo; 02 cybers.
Em termos de comunicação a sede conta com 02 pequenos jornais mensais, 01 serviço de amplificadora e 02 provedores via rádio para internet.
No que se refere o atendimento bancário, conta com 01 correspondente bancário da Caixa Econômica Federal “Caixa Aqui” , em funcionamento há mais de um ano e em estudos uma agência bancária do Bradesco.
O comércio local é constituído de 08 microempresas de médio porte (no ramo de mercearia, boutique e material de construção) e 10 pequenos comércios. Existe também uma beneficiadora de arroz, 02 oficinas mecânicas; 01 borracheiro e tantos outros pequenos empreendedores.
A Associação Cristã de Base acaba de criar em nossa sede uma feira quinzenal de produtos da agricultura familiar.
Existem no Distrito Sede, 768 prédios e uma população de 2.024 habitantes. Destes, 342(16,84%) são aposentados, 86(4,24%) funcionários públicos municipais e 10(0,49%), estaduais.
É sede de Paroquiato numa área ocupada por 5 Vilas, tendo como padroeiro São José Operário e vigário o Mons. João Bosco Cartaxo Esmeraldo (desde 1983).
O distrito conta com 20 pequenas cerâmicas e algumas cerâmicas de grande porte que empregam centenas pessoas residentes na área do distrito e 01 Indústria de Britagem de grande porte.
Na produção agropecuária, sempre se destacou pelas riquezas naturais do vale dos Carás, de onde se pode dizer: Se o Egito é uma dádiva do Nilo, Ponta da Serra também é uma dádiva dos Carás.
Recentemente o governador do Estado inaugurou no sítio Malhada uma mini industria de leite.
No entorno do perímetro urbano do distrito existem as seguintes vilas: Vila Malhada, a 3 km, com 250 famílias: Vila São Francisco, a 6 km, com 250 famílias; Vila Palmeirinha dos Vilar, a 2 km, com 160 famílias; Vila Rodeador, a 2 km, com 60 famílias; Vila Altos, a l km com 60 famílias, Vila Juá a 1 km com 60 famílias. A Vila Palmeirinha dos Brito está incluída no perímetro urbano do distrito.
Ponta da Serra tem 01 ONG reconhecida internacionalmente. Trata-se do Projeto Verde Vida do sítio Catingueira mantida por duas entidades da Alemanha, tendo realizado em 2008, parceria com a Criança Esperança e Petrobrás. Esta ONG tem realizado um importante trabalho na comunidade, juntamente aos jovens.


Antonio Correia Lima - Universitário-História/Urca.
Tesoureiro da AMESP.


Colaboradores na coleta de dados:
Francisco Dionísio Alves - Advogado e Presidente da AMESP, Edval Cirilo de Souza, líder religioso; Renata Ferreira Ximendes, Universitária-Construção de Edifício/URCA e Judas Tadeu Vilar Bernardo, Pós-Graduando em Geografia-URCA.


TEXTOS COMPILADOS E POSTADOS POR:
Mário Correia de Oliveira Júnior
Presidente da Comissão de Assuntos Jurídicos e Mídia.

2 comentários:

A.Morais disse...

Sou um defensor da emancipação. É um meio de se fazer cidadania. Reconheço sua luta e agradeço tambem a assiduidade no blog do sanhrol.

Abraços.

Antonio Correia Lima disse...

Obrigado também a você, amigo Morais, pela assiduidade no nosso blog. Mantenho também um blog do Clã Familiar de Ponta da Serra que está sem alimentação, mas hoje mesmo vou colocar um link no blog principal. Neste irei postar sómente informações referentes às nossas famílias primitivas. Passo já pelo Sanharol.Um forte abraço.