sábado, 14 de fevereiro de 2015

Doações de Livros

A Biblioteca Ponta da Serra recebendo mais uma doação de livros por parte do Sr. Fernando Machado residente em São Paulo e do Sr. Roberto Domanico, um italiano radicado na cidade de Crato

Encontro de agentes pastorais de Ponta da Serra




Aconteceu na manhã deste sábado (14/02) no Polo de Atendimento Vereador Edvardo Ribeiro da Silva o encontro de agentes pastorais  das diversas comunidades que compõem  a Paróquia de São José Operário de Ponta da Serra.
Na oportunidade foi dada por aberta a Campanha da Fraternidade deste ano que tem por Tema: Fraternidade: Igreja e Sociedade e Lema:  Eu vim para servir ( Mc 10,45).

O historiador Antonio Correia Lima ficou responsável pela  explanação do breve histórico  das relações Igreja e Sociedade  em termo de Brasil, Crato e Ponta da Serra, e o Diácono Dr. Dionísio Alves pela parte  da Relação  Igreja  - Sociedade à Luz  da Palavra de Deus.





segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

ÊI, ÊI ...QUE FESTA DE ARROMBA: 60 ANOS DE RÃO VALDEVINO




Presente no local nem a rádio nem a televisão, mas boa parte dos  seus familiares, amigos,   colegas e ex - colegas de trabalho tanto do Banco do Brasil  como da  Faculdade Leão Sampaio, onde hoje presta serviços após sua aposentadoria  do BB.
Neste dia  31 de janeiro, Fernando Valdevino completou 60 anos de nascimento e quem ganhou o presente foram os convidados, seus familiares e amigos, com uma linda festa na ABB de Crato nesta sexta - feira  com a participação artística do  Trio Chapéu de Couro, da Bárbara Gomes e do eterno Águias de Barbalha.

NOTA: Imagens extraídas do Face de Ana Paula Leite, Buruca. Graça Valdevino, Júnia Belisário, Luciano Pereira e Luiza Brito.





























A FAMÍLIA REUNIDA

Comemoração dos 11 anos de criação do Terço dos Homens de Ponta da Serra.

Neste dia 26 de janeiro a Paróquia de São José Operário de Ponta da Serra comemorou os 11 anos de criação do Terço dos Homens com a celebração da Santa Missa seguida do “comes e bebes” com a presença de um bom número dos participantes do  grupo.
O Terço dos Homens de Ponta da Serra foi criado  em janeiro de 2004 por  sugestão do   Padre Bosco, então Pároco, tendo sido encampado por Edval Cirilo, Maria Pereira e o Diácono Dionísio Alves.
De início o grupo chegou a contar com 180 membros, caindo depois para 50, e hoje, conta com  uma média de 50 homens.









terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Alunos da Escola Joaquim Valdevino aprovados no Vestibular da URCA






Enganam-se os que andam dizendo que a nossa Educação está no fundo do poço: está aí a prova, pois, esses jovens alunos da Escola Joaquim Valdevino de Brito, antes de colarem grau, já se anteciparam e foram aprovados no Vestibular da URCA. Vale dizer que o time está incompleto. Velam a relação completa fornecida pela escola.
Parabéns alunos pela aprovação no vestibular da URCA 2015.1


EINSTEIN RICARDO BATISTA - CIENCIAS ECONOMICAS MANHÃ – 9º lugar
ELISA GONÇALVES LEITE - CIENCIAS ECONOMICAS MANHÃ – 27º lugar
ERIKA DIONÍSIO DE ANDRADE - CIENCIAS ECONOMICAS MANHÃ – 39º lugar
JOÃO PAULO DAVID ALVES CIENCIAS ECONOMICAS NOITE – 8º lugar
BRUNA PORFIRIO CELESTINO - ENFERMAGEM - MANHÃ/TARDE – 19º lugar
LIVIA MARIA DOS SANTOS - ENFERMAGEM - MANHÃ/TARDE – 20º lugar
KAIO RITHELLY DO NASCIMENTO FERREIRA - CIENCIAS BIOLOGICAS NOITE – 26º lugar
WDENIA ESTEVÃO DA SILVA - CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - NOITE – 38º lugar
ZILDENE DE SOUSA SILVEIRA - CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - MANHÃ/TARDE – 32º lugar
LEIDIANE DE SOUSA PEREIRA - PEDAGOGIA – MANHÃ – 5º lugar



sábado, 24 de janeiro de 2015

SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DA SEDE DE PONTA DA SERRA



CACIMBÃO TIPO RESERVATÓRIO

Por muitos  anos a sede do Distrito de Ponta da Serra foi  abastecida de água por um sistema de cacimbões, que iniciou com a antiga cacimba da família Correia do Juá, e depois foi ampliado com mais  uma cacimba na propriedade de Antonio Leite, e por último, a SAAEC construiu um grande cacimbão na mesma propriedade do Antonio Leite, mas que não tem o mesmo potencial das duas cacimbas menores, servindo, portanto, de reservatório.
O sistema funciona da seguinte maneira: as duas cacimbas alimentam o reservatório, e esse envia através de canos a água para sede, onde é distribuída para as residências.
Hoje, uma das cacimbas pertence aos herdeiros de Irlande Correia, a outra pertence ao Vereador Henrique leite, sendo que o cacimbão( Reservatório) fica também na propriedade do Henrique e foi construído pela SAAEC.
O vereador Henrique informa que não recebe nem uma forma de pagamento por parte da SAAEC, e que se utiliza da água de sua própria cacimba numa média de 2hs e  40 minutos para aguar o capim de sua propriedade,  e o restante do tempo é utilizado pela SAAEC.


sábado, 13 de dezembro de 2014

PESQUISA SOBRE A FAMÍLIA BRITO DO CARIRI


Olá amigos da família Brito da região do Cariri, há dez anos venho tendo acesso aos livros da Matriz do Crato (Batismos, Casamentos e óbitos)sob a guarda do  DHDPG - Departamento Histórico Diocesano Padre Gomes referentes ao período de 1850 a 1950  e também nos Inventários da Freguesia de Crato no CEDOC – Centro de Documentações do Cariri – URCA –CRATO.
Conclui a primeira etapa ada pesquisa que foi a coleta de dados em manuscrito, e agora estou na segunda fase , que é a digitação e a montagem das famílias.
Decidi iniciar esse trabalho com a família Brito e os seus vários ramos, dentre eles os
Alves de Brito / Lima; Alves de Brito;  Belmiro Brito; Bezerra de Brito;  Brito Bacurau;
Brito Correia; Brito Firmeza; Brito Silva; Caetano de  Brito  /Lima; Carvalho de Brito;
Feitosa Brito;  Felismino de Brito;  Fialho de Brito; Fialho der Brito; Figueiredo de Brito;
Freire de Brito; Gonçalves de Brito; Januário de Brito; Jucá de Brito; Liberalino de Brito;
Lobo de Brito; Lopes de Brito; Macário de Brito; Morais de Brito; Moreira de Brito;
Norões Brito; Oliveira /Abagaro/Honor de Brito;  Penha de Carvalho Brito; Pereira Brito;
Quaresma de Brito; Silva Brito; Sousa Brito/Lima; Valdevino de Brito; Vieira de Brito;
Vilar de Brito.
De acordo com relato dos mais velhos dessa família, três irmãos Brito chegando nesta região, talvez em final do século XVIII e início do XIX,  uma decidiu se fixar na região hoje compreendida por Palmeirinha dos Brito, outro na Malhada e o terceiro no Sítio São Bento.
Hoje já sabemos quem foram os ancestrais desses três irmãos ( pais e avós) e a revista A Província trará em sua próxima edição que foram eles.
Agora Irei  trabalhar os descendentes dos três irmãos Brito, conto com sua colaboração, e partindo de você diga quem são seus pais, avós e bisavós para que eu possa fazer o cruzamento dos dados.