sexta-feira, 14 de maio de 2010

LUIZA & WALMIR SELANDO MAIS UM COMPROMISSO

Realizou-se neste dia 13, às 19hs., na Igreja Matriz da Paróquia de São José Operário de Ponta da Serra, missa de Ação de Graças pelos 10 anos de casamento religioso do casal Luiza Helena e Walmir. Os celebrantes foram o Pe Paulo Moura e o diácono Dionísio Alves. Na oportunidade, o casal selou mais um compromisso, casando-se também no civil, em cerimônia oficializada pela Juíza de Paz, a Sra. Lucineide de Alcântara Brasil.

Após a cerimônia, o casal recebeu os cumprimentos no pólo de Atendimento Vereador Edvardo Ribeiro da Silva, onde foi servido um jantar aos convidados.

Um comentário:

Iris Pereira disse...

Mombança Cidade do Mel e berço de Josina Alves Vieira
12:57 | Postado por Iris Pereira | Editar postagem
Um amigo postou um texto falando da cidade de Mombaça no Ceará. Ela afirmou que esta cidade é a princesa do mel. Fiquei com aquilo na cabeça e não conseguia esquecer. Ai fui tentar até lembrar, minha mãe
nasceu em Mombaça, dei um grito pra mim mesma, como sou distraída! Nem sei minhas origens, as vezes não
damos menor importância pra estas coisas de antepassados, mas hoje vejo com muito orgulho que cada vez descubro mais que minha verdadeira origem é de fato cearense.
Em um sitio das redondezas moravam João Vieira do Nascimento e sua esposa Águida Alves Vieira e
deles nasceram 10 filhos sendo cinco ( 5 ) do sexo masculino e cinco ( 5 ) do sexo feminino. Seus nomes me
lembro bem e de algumas feições também:
Luis Alves Vieira- Morava em Iguatu era casado com mocinha ( assim que a chamavam),
Lourival Alves Viera- Morava em Iguatu
Antonio Alves Vieira- Morava em Iguatu
Anécio Alves Vieira- Morava em Prado- Iguatu ( Seu nome verdadeiro é outro ) Casado com Véia, esse era seu apalido
Cícero Alves Vieira- Morava em Fortaleza, era casado e tinha filhos que os nomes não me lembro.
Destes tios eu me lembro bem de cada fisionomia, e de alguns detalhes, o tio Louro era barbeiro no centro de Iguatu e tinha quatro filhos. Uma de suas filhas a Selma casou-se com um locutor de rádio. Tinha Lucia, Francisco e o mais velho e a mais nova não lembro o nome.
Tio anécio era funcionário do governo federal sendo da área da agricultura
Rosa- a mais velha
Madalena
Audenora- morava em Fotaleza no bairro do Jacarecanga, essa teve um filho que mora no Crato e seu apalido é Pingo
Josina - Casou com Manoel Pereira de Souza viuvo pai de duas filha: Hilda que sempre morou em Ico e era casada com Afonso da sanfona e eles tiveram dois filhos, a Leny Moura Pereira e Francisco Pereira ( Tico da banda)
Mundeza- que também tem outro nome, morou um tempo em Juazeiro do Norte e era casada com um sapateiro de nome Zé Miguel, não tiveram nenhum filho.
Meu avô morreu quando eu nem tinha nascido e minha vó casou novamente com um dos seus cunhados que também a deixou viuva e só faleceu em 1967. Lembro que minha mãe teve que ir até o Iguatú para passar a parte dela nos terrenos em Mombaça pro Irmão mais velho o Tio Luiz.
O pouco que eu sei espero ser valioso pra quem quiser me ajudar descobrir noticia de algum desses meus parentes
Minha mãe falava muitos em seus parente, mas não guardei seus nomes, contava muitos causos, que guardei como lembranças que as vezes conto pros meus filhos e juntos damos risadas, minha mãe era muito linda e doce, não podia ser diferente pois nasceu lá em Mombaça a princesa do mel.
Esta é mais uma pequena historia de minha vida, sendo agora dirigida à minha mãe querida que faleceu aos 78 anos, linda e muito ativa, gostava de dançar e não perdia o baile do final de semana, dançava até o baile acabar. Morreu como sempre pediu pra Deus, sem nenhum trabalho, foi dormir e acordou nos braços do criador. Sinto dela muita saudade pois foi mulher determinada e forte, deixou dos vícios pelos filhos pra ser um bom exemplo. Josina Alves Vieira que foi casada com Raimundo Correia Lima do Jua dos Correias.
Iris