quarta-feira, 10 de novembro de 2010

DADOS GENEALÓGICOS DOS BRITO DA MALHADA EM PONTA DA SERRA - CRATO CE.


OS BRITO DOS SÍTIOS PALMEIRINHA, MALHADA E SÃO BENTO
Por Antonio Correia Lima

Há muito venho pesquisando, objetivando aprofundar ainda mais os dados sobre a origem dos Brito da Malhada, em Ponta da Serra - Crato CE, o berço de quase a totalidade dos dessa numerosa família da Região do Cariri.

Pelas informações colhidas com os familiares, principalmente, com Seu Raimundo Valdevino de Brito , Vicente Joel, D, Francisquinha Morais, D. Augusta Morais, Lisieux de Pedro Brito, Bitonho de Brito, Dalcir Siebra de Brito, e outros. Tanto Seu Raimundo Valdevino como Dalcir, ambos já falecidos, o último, há poucos dias, foram unânimes em afirmarem que os três irmãos, citados abaixo, vieram de Recife.

No momento, o meu desafio como pesquisador é desvendar quem são os ancestrais desses três troncos da família em estudo.

Para tanto, apelo para quem possa ajudar nessa pesquisa, pois, meu objetivo é chegar ao colono que deu origem à família “Brito da Malhada”

Sabemos que existem várias famílias “Brito” espalhada por todo o Brasil, mas a que nos interessa é a que tem por descendentes os três irmãos aqui mencionados: Antonio Correia de Brito, Manuel Correia de Brito e Francisco Correia de Brito

Três irmãos “Brito” Antonio, Manuel e Francisco, oriundos de Recife – PE chegaram nesta nossa região. Dois decidiram ficar aqui nesta localidade e um preferiu se localizar nas proximidades da cidade: ( Versão de Dalcir Brito).
Analisando alguns documentos eclesiásticos da freguesia do Crato referentes ao século XIX, constatei a presença de membros desta família em nossa região nos primórdios deste século, o que vem comprovar que esta família, juntamente com outras, foram os primeiros proprietários a darem início ao processo de povoamento do vale do Carás, em especial, a esta região conhecida desde o Período Colonial por “Ponta da Serra”.


Aprofundando-me nas pesquisas descobri que os três acima citados se referiam às seguintes pessoas:

1 – Antonio Correia de Brito, casado duas vezes, proprietário e morador no sítio Palmeirinha ( depois Palmeirinha dos Brito) Deste promanam os Brito da Palmeirinha e da Malhada;
1. 1-Antonio de Brito Correia (1832 a 1925), casado duas vezes. Em 1ªs núpcias, com Maria Anacleta de Meneses; em 2ª, com Leonarda Bezerra do Vale, em V. Alegre em 29.11.1876;
1. 2-Severiano José de Brito, casado duas vezes. Com Madalena Alves Feitosa, em 13.10.1870; com Eufrásia Alves Feitosa, em 06.02.1881;
1. 3-Miguel Alves de Brito, casado duas vezes. Com Gracinda Perpétua do Amor Divino, em 29.10.1870, com Carmina Alves de Morais, 27.09.1881;
1. 4-Eufrásio Alves de Brito, c.c. Maria Raimunda da Glória.
1. 5-Joaquim Marcelo de Brito, c.c.Benvinda Ferreira da Luz.
NOTA: Só Eufrásio e Antonio Eram irmãos de pai e mãe.

2 – Manuel Correia de Brito proprietário e morador no sítio Malhada. Era o pai de

2.1 – Manuel Antonio de Brito c.c. Bárbara Vieira Rocha, falecida na Malhada em 1º de dezembro de 1855 aos 55 anos de vida. Eram os pais de
2.1.1 - Pedro Vieira de Brito c.c. Isabel Águida de Brito, pais de Macário Vieira de Britoc.c.c Eufrásia de Morais Rêgo, filha de Gabriel de Morais Rêgo e Joaquina Francisca de Brito, filha do major Eufrásio Alves de Brito. Deste casal promanam os Macário de Brito, da Malhada
2.1.2 - Francisco, nascido em 1845
2.1.3 - Alexandre, falecido em 1842

3 - Francisco Correia de Brito, que era o pai de Francisco José de Brito, conhecido por Yoyô de Brito, Uma das figuras representativas de Crato em 1853, quando da sua elevação à categoria de município,proprietário e morador no sítio São Bento, nas proximidades da Cidade de Crato. Casado 3 vezes. Da 1ª, com Vicença Pereira de Menezes, da 2ª, com Raimunda Cândida de Brito e da 3ª, com Ana Catharina de Mendonça (ou Labatut)

LEIA MAIS CLICANDO AQUI > http://familiasprimitivasdepontadaserra.blogspot.com/2009/03/arvore-genealogica-dos-brito-da-malhada.html

2 comentários:

Monica Noronha disse...

Prezado Prof.,

Busco por meus ascendentes. Minha Bisavó materna se chamava Maria Adelia Britto. Casou-se com meu bisavô portugues, João Teixeira Gomes Fonseca. Consta no registro de nascimento de minha avó materna que Maria Adelia Britto era filha de Manoel Antonio Brito e de Vicencia (ou Vicenzia) Hermita de Brito.
Ao lêr sua matéria acerca dos irmãos Brito, me despertou curiosidade a referência de que Manuel Correia de Brito era o pai de Manuel Antonio de Brito, embora o nome de sua esposa no seu registro não coincida com o nome que tenho (Vicencia Hermita de Brito). Mas, um pouco abaixo, ao fazer referência a Francisco Brito há referência ao nome Vicença, que diga-se, não é um nome comum. Enfim, quem sabe possas me ajudar a elucidar minhas origens.


"2 – Manuel Correia de Brito proprietário e morador no sítio Malhada. Era o pai de

2.1 – Manuel Antonio de Brito c.c. Bárbara Vieira Rocha, falecida na Malhada em 1º de dezembro de 1855 aos 55 anos de vida. Eram os pais de
2.1.1 - Pedro Vieira de Brito c.c. Isabel Águida de Brito, pais de Macário Vieira de Britoc.c.c Eufrásia de Morais Rêgo, filha de Gabriel de Morais Rêgo e Joaquina Francisca de Brito, filha do major Eufrásio Alves de Brito. Deste casal promanam os Macário de Brito, da Malhada
2.1.2 - Francisco, nascido em 1845
2.1.3 - Alexandre, falecido em 1842

3 - Francisco Correia de Brito, que era o pai de Francisco José de Brito, conhecido por Yoyô de Brito, Uma das figuras representativas de Crato em 1853, quando da sua elevação à categoria de município,proprietário e morador no sítio São Bento, nas proximidades da Cidade de Crato. Casado 3 vezes. Da 1ª, com Vicença Pereira de Menezes, da 2ª, com Raimunda Cândida de Brito e da 3ª, com Ana Catharina de Mendonça (ou Labatut)"

Desde já agradeço sua preciosa atenção.

Abs.

Monica Noronha
(91) 991148330

Unknown disse...

Caro professor,

procuro pela história dos meus ascendentes também. Atualmente moro com meus avós, e com uma descendente direta dos Brito. Ela era Raimunda Macario de Brito, nome como solteira a qual achamos nos registros do batistério da igreja da Penha, na cidade do Crato. Raimunda é filha de Pedro de Brito e Maria Tereza de Jesus. Sei que minha avó foi prima, segundo ela por 2o grau, do ex-prefeito e doutor Humberto Macario de Brito. Disso, acho que podemos ajudar com algo.

Se precisar me contatar, estamos à disposição.

Victoria Brito
85 98641 7728