quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

O Respeito ao nosso Planeta - Por Ìris Pereira

É ligar a televisão, abrir um jornal ou revista de noticiário que vemos a catástrofe em que se tornou nosso planeta, nossa terra, nosso paraíso de beleza exuberante, vasta e rica em todo tipo de sobrevivência natural, riquezas escondidas sobre e sob ela, exploradas sem mesmo o menor respeito de limite, quanto mais se tira mais se quer tirar...Aí vem a resposta, a revolta, o troco que o próprio homem pediu em sua ganância e falta de educação.

Chuvas fora de tempo em alguns lugares arrastando e destruindo tudo, até sua sustentação, sem limite revolta-se com tanto descaso e vai se destruindo a si mesma como que suicidando-se para castigo aos seus destruidores e estupradores. E o homem ainda com arrogância ainda se acha no direito de noticiar dizendo: A terra castiga o solo com a falta de chuvas. Os rios, lagoas, reservatórios ficam secos e suas margens transformam-se em cascas duras e feias, rachaduras que machucam até cascos de animais, dizem mais o sul do pais parece o nordeste do Brasil, lá eles vivem a mesma situação já vivida tantos anos por nossa gente. Até parece replay, caminhões pipas distribuindo água para uso e consumo, pessoas não acostumadas a essa rotina lamentam, agora lamentam, agora lamentamos por tudo, agora choramos nossos mortos nas enxurradas, nas secas, na falta do que comer, na falta de moradia.
E choramos de arrependimento por não termos sabido usar bem nosso maior tesouro: A TERRA que nunca nos negou absolutamente nada, sempre deu com imensa fartura e gratuitamente, só nos pedindo RESPEITO.
Não existem hoje mais nenhum lugar na terra que não tenha qualquer tipo de imprevisto da natureza.
Ainda dará tempo para corrigirmos tudo, ficarão as marcas e cicatrizes, mas teremos oportunidade em repararmos sim todo o erro.
Eu faço minha pequena parte, faça a sua.

4 comentários:

Arcoiris No Horizonte disse...

Obrigada pela surpresa, amigo Antonio.
Gostaria que lesse este texto na radio, ficaria legal ou mesmo uma outra pessoa .
Beijos

Antonio Correia Lima disse...

Ok

Iris Pereira disse...

postei um texto agora as 14:20, enviei pra você, e perguntei do jornal, desculpa é que sentei e já fui escrevendo o que se passava comigo.
De eu estivesse ai eu iria pedir a você para eu ler algumas de minhas postagens de vez enquanto
Íris

Valdir Nazareth disse...

Íris você tem toda razão em estar preocupada com a natureza e eu sou prova que faz bem a sua parte e ainda exige das outras pessoas com quem convive.
Mas já se nota que o mundo está preocupado e chegando aos responsáveis maiores pelo planeta tudo ficará mais fácil.
Parabéns bela bela matéria.
Mirandinha Nazareth