sábado, 12 de dezembro de 2015

Aula de Campo na Catingueira

Tive hoje(12/2) mais uma grata satisfação de acompanhar o professor João Paulo e seus alunos que estiveram conhecendo um pouco da história de Ponta da Serra, inclusive, sobre o quarto do fumo, uma pequena fábrica de cigarro brabo,  que vem passando de geração para geração, começando com Vicente Lima, passando para o filho Geraldo,  e este para Geraldo Filho – Talzim.
Na oportunidade Talzim falou sobre o seu trabalho como poeta, recitando algumas de suas obras.
Desta feita o professor  João Paulo trouxe seus alunos do 8ªA   da Escola José Alves de Figueiredo que tem por diretora Graça Valdevino.
Em seguida fomos até o sítio Catingueira, onde visitamos a Cova da Negra, antiga propriedade do Alferes Pedro Soares Celestino, ancestral dos Brasil do sítio Altos, dos Félis, dos Ayres( Ferreira de Meneses) da região de Ponta da Serra.
Lá procurei falar sobre a história da escrava que ia fugindo dos seus donos e ao pernoitar nos alpendres  do casarão desta propriedade foi atacada por uma onça, chegando a óbito,  e portanto, essa localidade ficou denominada de Cova da Negra, fato esse ocorrido, talvez, no final do século 18 e início do 19, pois, o Inventário, quando da morte da primeira esposa do Alferes  Pedro Soares Celestino em 1854 tal localidade já era conhecida por Cova da Nega.
Depois estivemos na sede do Projeto Verde Vida e em seguida no açude de Seu Manezim, na Casa de Pedra, na Capelinha e no “Castelo” construído por Marcos Xenofonte e que está em fase de acabamento.

Acredito ter sido de bom proveito a aula de campo de hoje para os estudantes e muito mais para a comunidade que  terá seus valores expostos para o resto do mundo.

Um comentário:

Jose Laurindo Pereira disse...

FELIX 2016 PARA TODOS OS PONTASERRENSES.